Notícias

Cidade garante segurança alimentar para seus estudantes durante a pandemia da Covid-19

Prefeitura já destinou mais de R $641,2 milhões para abastecer os cartões-merenda de todos os alunos

De Secretaria Especial de Comunicação

A cidade de São Paulo foi a primeira capital do Brasil a distribuir cartões-merenda para garantir a segurança alimentar dos estudantes regularmente matriculados na Rede Municipal de Educação.  O benefício do  cartão-merenda será mantido até que todas as unidades da rede retomem integralmente suas atividades. Até o momento, a Prefeitura destinou mais de R $641,2 milhões para abastecer os cartões de todos os alunos da rede. 

O recurso financeiro disponibilizado no cartão-merenda deverá ser utilizado exclusivamente para aquisição de gêneros alimentícios, conforme a Instrução Normativa SME nº 14 de 02 de abril de 2020, que estabelece as ações, critérios e regras do atendimento alternativo para o fornecimento de alimentação aos estudantes da RME enquanto perdurar a situação de emergência em razão da pandemia do COVID-19 (coronavírus), conforme Decreto nº 59.283/2020.

 Neste mês, além desse recurso financeiro, todos os alunos da rede municipal também receberão uma Cesta Saudável, com alimentos adquiridos através de agricultura familiar. A cesta fornecida conterá os seguintes itens básicos: 1 kg de feijão, 5 kg de arroz, 1 kg de macarrão, 0,5 kg de farinha de mandioca, 1 kg de açúcar mascavo, 1 kg de leite em pó, suco de frutas e doce de banana. Como parte da cesta, também serão distribuídos frutas e legumes, sendo: 1 kg de batata, 0,5 kg de cenoura, 0,5 kg de beterraba, 0,5 kg de chuchu, uma dúzia de bananas e seis unidades de maçã.  

A Prefeitura de São Paulo também irá distribuir cestas básicas para famílias de alunos em situações de maior vulnerabilidade e extrema pobreza, cadastradas no CadÚnico, programa que identifica as famílias de baixa renda existentes no país para fins de inclusão em programas de assistência social e redistribuição de renda. Serão entregues cerca de 500 mil cestas. A distribuição ocorrerá em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da capital.

 

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Banco de alimentos