Notícias

Prefeitura entrega 240 moradias em conjunto habitacional em Heliópolis

As unidades entregues fazem parte do empreendimento Sabesp II, que prevê a construção de 1.200 moradias

De Secretaria Especial de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Habitação, entregou, nesta terça-feira (24), 240 unidades habitacionais do condomínio 4, em Heliópolis, na Zona Sul da capital. O empreendimento integra o projeto Sabesp II, que prevê a construção de 1.200 unidades distribuídas em 5 conjuntos compostos por 8 blocos residenciais. As moradias são fruto da parceria entre a administração municipal e o Governo do Estado, com o projeto original do empreendimento Sabesp assinado pelo renomado arquiteto Ruy Ohtake.

“Com essa entrega de hoje a gente completa 5.922 unidades habitacionais entregues nos últimos meses”, destacou o prefeito Ricardo Nunes. “Vamos entregar 49 mil unidades habitacionais até 2024, 49 mil sonhos, 49 mil chaves nas mãos das pessoas”, completou.

As obras do condomínio 5 do empreendimento Sabesp II, estão previstas para serem concluídas em julho de 2024. Com a entrega do condomínio IV e dos condomínios, I (Residencial Nascer do Sol), em 2018, II (Residencial Império Delamare) em 2017 e o III (Residencial Girassol), em agosto de 2019, serão 840 unidades já entregues às famílias.

“É muito bom ver as pessoas felizes realizando o sonho da casa própria. Quem não quer o seu teto? Quem não quer ter o seu lar? Quem não quer ter a sua casa para chegar depois de um dia de trabalho e saber que tem um lugarzinho para ficar, um lugar que é seu? Isso é benção e mais benção vai chegar”, afirmou o governador Tarcísio de Freitas.

Com 81 mil m², a área Sabesp II foi desapropriada pela Prefeitura de São Paulo em 2011, com recursos do FMSAI na ordem de R$ 18,8 milhões.

“Essa obra começou em 2011, há mais de 11 anos. Várias pessoas que estão aqui sonhavam ter a sua unidade habitacional. Entregamos 240 unidades e voltamos no ano que vem para entregar mais 240”, disse o secretário municipal de Habitação, João Farias. “Hoje é um dia para se comemorar a revolução que o prefeito Ricardo Nunes vem fazendo na área da Habitação”, concluiu.

Para a construção do condomínio IV, foram investidos cerca de R$ 54 milhões, sendo R$ 18 milhões vindos do governo do estado de São Paulo (CDHU) e R$ 36 milhões dos cofres municipais (FUNDURB).

Cada apartamento entregue possui 44 m² com 2 dormitórios, banheiro, sala, cozinha e área de serviço. Os conjuntos contam também com salão de festas, playground, equipamentos de ginástica, sala de estudos bicicletário e área de jardim. Todos os condomínios da área Sabesp II apresentam a mesma tipologia e são formados por 8 blocos de 8 pavimentos com 30 unidades por bloco, todas servidas por elevador.

Moradora da região há 27 anos, Eliene Conceição, foi uma das contempladas. “Luto por isso há 13 anos e hoje é a vitória, só tenho a agradecer”, contou. “O sonho de todos é ter uma casa própria. Isso é um orgulho muito grande”, completou.

Heliópolis

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Habitação, desde 2005 vem implantando o Programa de Urbanização de Favelas em Heliópolis. É o maior programa de obras desse tipo na América Latina. A iniciativa busca a inserção do Complexo Heliópolis à cidade formal promovendo o acesso dos moradores à infraestrutura, à inclusão social e à melhoria das condições de moradia. Nas 14 glebas existentes foram realizadas intervenções como construção de unidades habitacionais, pavimentação de ruas, implantação de rede de distribuição de água e esgoto, canalização dos córregos Sacomã e Independência, além de implantação de equipamentos de lazer e área verde.

A Secretaria Municipal de Habitação (SEHAB) segue realizando na região obras de infraestrutura e construção de unidades habitacionais. Desde 2017, foram entregues 1.065 unidades habitacionais e 20 boxes comerciais em Heliópolis. Há previsão para a viabilização de aproximadamente 10 mil novas moradias, até 2024 em Heliópolis.

Regularização fundiária

Está em andamento o processo para regularização de 43 empreendimentos na região de Heliópolis, a ação irá beneficiar cerca de 14 mil famílias.

Programa Pode Entrar

Maior programa habitacional já lançado na capital, a iniciativa conta com recursos exclusivos da Prefeitura de São Paulo, e institui importantes ferramentas que facilitarão o acesso à casa própria para famílias de baixa renda. O programa possibilita a construção de empreendimentos habitacionais de interesse social, a requalificação de imóveis urbanos e a aquisição de moradias. Desse modo a cidade terá menos custos, mais famílias atendidas e redução no prazo de entrega. 

Uma das modalidades do Programa prevê a compra de 45 mil unidades habitacionais, com um investimento de R$ 8 bilhões. As ações irão ocorrer em parceria com a iniciativa privada, com objetivo de atender à política de habitação social do município com aquisições em grande quantidade e em um curto período, possibilitando maior celeridade no atendimento das demandas habitacionais. As moradias irão atender famílias que estão no cadastro da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (COHAB-SP) e no auxílio-aluguel do município. Assim, a administração municipal pretende zerar o banco de famílias que recebem o benefício. 

Em julho do ano passado, 52 entidades assinaram o termo de adesão ao Programa. Serão destinados cerca de R$1 bilhão às entidades para que possam ter recursos e financiar os projetos habitacionais que estavam parados e que até então seriam financiados pelo Governo Federal.

Novas unidades

Atualmente, 12.700 mil novas moradias estão em obras, além das unidades viabilizadas pelo Pode Entrar, modalidade Aquisição que prevê a compra de 45 mil unidades habitacionais da iniciativa privada.

Galeria de fotos 

Vídeo

Discurso e atendimento à imprensa

 

SECOM - Prefeitura da Cidade de São Paulo
Telefones:
 3113-8835 / 3113-8831
E-mail: imprensa@prefeitura.sp.gov.br
Sala de imprensa: imprensa.prefeitura.sp.gov.br
Facebook I Twitter I Instagram I TikTok I YouTube I Acervo de Vídeos I LinkedIn

Ações do documento

Vídeos

Construindo Histórias - Merenda Escolar Sustentável